ONG Parceira do PortoWeb

Passado de Dilma dificulta revisão da Lei da Anistia, diz Jair Krischke

Especialista em ditaduras militares, historiador gaúcho e ex-integrante do Acnur diz que a presidente do País já sinalizou que não pretende patrocinar revisão no entendimento da lei

Ativista contra o terrorismo de Estado na América do Sul e ex-funcionário do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o historiador e militante de Direitos Humanos Jair Krischke diz que, apesar de reconhecer como avanço a iniciativa de se formar a Comissão da Verdade e as conclusões do relatório final desta semana, os “sinais” emitidos pela presidente Dilma Rousseff apontam que ela não pretende patrocinar uma nova interpretação da Lei da Anistia. Para ele, o "Brasil está pagando um preço altíssimo” por manter o atual entendimento da norma, que anistia também os autores de tortura e crimes cometidos em nome do Estado.

Saiba mais no link:

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-12-13/passado-de-dilma-dificulta-revisao-da-lei-da-anistia-diz-jair-krischke.html



Anterior || ... | 2 | 3 | 4 | 5 | Página 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | ... || Próxima

A+-     A  ?
» Contatos
Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Av. Borges de Medeiros, 340 - 94
Porto Alegre - RS

 (51) 3221-9130
 Fale Conosco









Desenvolvimento PROCEMPA