ONG Parceira do PortoWeb

MARCAS DA MEMÓRIA INSTALA PLACA EM ESCOLA PARA REPUDIAR DITADURA

 

20130408
cabezal-rel-HOY-POR

 

 Año 4 - No. 228  |  Lunes, 28 Abril 2014  

Marcas da Memória instala placa em escola para repudiar dita...

Portal da Prefeitura de Porto Alegre

Brasil - DH

MEMÓRIA

Marcas da Memória instala placa em escola para repudiar ditadura

Prefeito destacou a importância do ato que faz resgate da história brasileira

20140428 marcas da memoria-610

Foto: Itamar Aguiar

Dando seguimento ao Termo de Cooperação existente entre a Prefeitura de Porto Alegre e o Movimento de Justiça e Direitos Humanos, o prefeito José Fortunati participou nesta quarta-feira, 23, da inauguração da placa “Marcas da Memória” que foi colocada na calçada em frente ao Colégio Paulo da Gama, no bairro Partenon.

 

O projeto Marcas da Memória tem como objetivo instaurar no mobiliário urbano de Porto Alegre signos históricos e políticos de repudio à ditadura, assim como tornar público os locais que foram centro de detenção e tortura, como elemento de debate e reflexão critica. Participaram do ato militares, ex-presos políticos e seus familiares.

 

Conforme o presidente do movimento, Jair Krischke, nesta quarta-feira, 23, completa-se 50 anos da utilização do prédio que foi construído para ser uma escola, mas que foi requisitado à prefeitura pelo Comando do Exército para servir como Presídio Militar Especial. De abril a novembro de 1964, as salas de aulas serviram de celas para cerca de 80 brigadianos presos políticos.

 

Fortunati destacou a importância do ato que faz um resgate da história brasileira. “Foi um período obscuro, por isso é importante marcar os equipamentos usados para atos contra a democracia. Vamos continuar lutando por uma sociedade livre e justa que preserve o direito a diferença de pensamento”.

 

O militar Reginaldo Barbosa, de 74 anos, relatou que esteve oito meses preso no local sem nenhum contato com a família, que morava a menos de uma quadra de distância. "Foi um período terrível, por isso hoje é uma data muito importante de lembrar e não deixar que se repitam mais este tipo de violação aos direitos humanos”.

 

Portal da Prefeitura de Porto Alegre 

28 de abril de 2014


Homenagem, em Montevideo, a Jair Krischke, Presidente do MJDH RS
Personalidades de varios países do se reuniram hoje em Montevideo UR, para homenagear os 80 anos de idade de Jair Krischke
Presidente do Movimento de Justiça e dos Direitos Humanos recebe amanhã, 19, Prêmio no Uruguai por sua luta contra os Direitos Humanos
Abertas as inscrições para o 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo – 2018
Faleceu o amigo e colega Luís Milman
Famecos inicia atividades de projeto integrado do curso de Jornalismo
Acolhimento de refugiados em igrejas é alvo de críticas na Alemanha
Jair Krischke é palestrante na VII Conferência Internacional dos Direitos Humanos, na sede da OAB/RS
Morre Helio Bicudo, defensor dos Direitos Humanos
Compañer@s cuban@s:
Mecanismo Especial de Seguimiento para Nicaragua (MESENI) completa tercera semana de trabajo y constata intensificación de represión y operativos por la policía y grupos parapoliciales
Dani Rudnick, no Canadá, representando o PPG Direitos Humanos da Uniritter
Companheiro do MJDH, no Canadá, representando o PPG Direitos Humanos da Uniritter. apresentando paper sobre as prisões brasileiras
I Seminário Democracia e Direitos Humanos: 7 e 8 de junho, em Porto Alegre
Parentes dos desaparecidos continuam a reivindicar verdade e justiça
Conferência Estadual dos Direitos Humanos
Entrega de Prêmio Direitos Humanos ao Diário do Litoral
PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO - Título: CÁRCERE FLUTUANTE – Verdade ainda submersa. Compareça
Museo inaugura exposición en honor al diplomático sueco y Embajador Harald Edelstam
30ª Medalha Chico Mendes de Resistência - 2018

Página 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | ... || Próxima

A+-     A  ?
» Contatos
Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Av. Borges de Medeiros, 340 - 94
Porto Alegre - RS

 (51) 3221-9130
 Fale Conosco









Desenvolvimento PROCEMPA