ONG Parceira do PortoWeb

MARCAS DA MEMÓRIA INSTALA PLACA EM ESCOLA PARA REPUDIAR DITADURA

 

20130408
cabezal-rel-HOY-POR

 

 Año 4 - No. 228  |  Lunes, 28 Abril 2014  

Marcas da Memória instala placa em escola para repudiar dita...

Portal da Prefeitura de Porto Alegre

Brasil - DH

MEMÓRIA

Marcas da Memória instala placa em escola para repudiar ditadura

Prefeito destacou a importância do ato que faz resgate da história brasileira

20140428 marcas da memoria-610

Foto: Itamar Aguiar

Dando seguimento ao Termo de Cooperação existente entre a Prefeitura de Porto Alegre e o Movimento de Justiça e Direitos Humanos, o prefeito José Fortunati participou nesta quarta-feira, 23, da inauguração da placa “Marcas da Memória” que foi colocada na calçada em frente ao Colégio Paulo da Gama, no bairro Partenon.

 

O projeto Marcas da Memória tem como objetivo instaurar no mobiliário urbano de Porto Alegre signos históricos e políticos de repudio à ditadura, assim como tornar público os locais que foram centro de detenção e tortura, como elemento de debate e reflexão critica. Participaram do ato militares, ex-presos políticos e seus familiares.

 

Conforme o presidente do movimento, Jair Krischke, nesta quarta-feira, 23, completa-se 50 anos da utilização do prédio que foi construído para ser uma escola, mas que foi requisitado à prefeitura pelo Comando do Exército para servir como Presídio Militar Especial. De abril a novembro de 1964, as salas de aulas serviram de celas para cerca de 80 brigadianos presos políticos.

 

Fortunati destacou a importância do ato que faz um resgate da história brasileira. “Foi um período obscuro, por isso é importante marcar os equipamentos usados para atos contra a democracia. Vamos continuar lutando por uma sociedade livre e justa que preserve o direito a diferença de pensamento”.

 

O militar Reginaldo Barbosa, de 74 anos, relatou que esteve oito meses preso no local sem nenhum contato com a família, que morava a menos de uma quadra de distância. "Foi um período terrível, por isso hoje é uma data muito importante de lembrar e não deixar que se repitam mais este tipo de violação aos direitos humanos”.

 

Portal da Prefeitura de Porto Alegre 

28 de abril de 2014


I Seminário Democracia e Direitos Humanos: 7 e 8 de junho, em Porto Alegre
Parentes dos desaparecidos continuam a reivindicar verdade e justiça
Conferência Estadual dos Direitos Humanos
Entrega de Prêmio Direitos Humanos ao Diário do Litoral
PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO - Título: CÁRCERE FLUTUANTE – Verdade ainda submersa. Compareça
Museo inaugura exposición en honor al diplomático sueco y Embajador Harald Edelstam
30ª Medalha Chico Mendes de Resistência - 2018
RECURSO Plan Cóndor: Segunda Etapa del Juicio Comienza el 12 de Abril
Os Direitos das Mulheres
Falecimento do Jornalista Marçal
Grupo de Trabalho Perus identifica restos mortais de militante político
NOTA DE PESAR - Morreu Eva Sopher
Um ano após as ameaças do Comando Barneix o silêncio ensurdecedor do governo uruguaio
Ameaça aos Direitos Humanos
Entrevista - Jair Krischke - A Operação Condor foi inventada no Brasil
OAB lotou para entrega do Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo.
-Vejam os vencedores do 34º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo que receberão suas premiações às 20 horas no auditório da OAB/RS - Rua Washington Luiz, 1.110 – 2º andar - Porto Alegre/RS. -
HOJE, 10 DE DEZEMBRO, É COMEMORADO O DIA INTERNACIONAL D OS DIREITOS HUMANOS
CERIMÔNIA DE ENTREGA DOS PRÊMIOS - Vejam os vencedores do 34º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo - Dia 11 de dezembro de 2017, às 20 horas - Auditório da OAB/RS - Rua Washington Luiz, 1.110 – 2º andar - Porto Alegre/RS
Justiça da Itália ouve presidente de ONG de direitos humanos em processo contra ex-agentes da ditadura

Página 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | ... || Próxima

A+-     A  ?
» Contatos
Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Av. Borges de Medeiros, 340 - 94
Porto Alegre - RS

 (51) 3221-9130
 Fale Conosco









Desenvolvimento PROCEMPA