ONG Parceira do PortoWeb

DEFINIDOS OS VENCEDORES DO 32º PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO

32º PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO/ 2015.

 

                           

          O Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Rio Grande do Sul (OAB/RS) e a Secretaria Regional Latino Americana da UITA – União Internacional dos Trabalhadores na Alimentação, Agricultura e Afins - com o apoio da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (ARFOC/RS) e da ARFOC/Brasil - instituiu em 1984 o “Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo”, visando estimular o trabalho dos profissionais do jornalismo na denúncia das violações e na vigilância ao respeito dos Direitos Humanos.

 

          Este ano, visando marcar a trajetória dos 32 anos do Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, que ao longo do tempo foi capaz de construir um acervo valiosíssimo sobre o tema, foi criada a categoria ”Premiação Especial”, destinada a destacar   trabalhos que tenham se distinguido por sua qualidade, em qualquer das categorias previstas, sobre o tema: BRASILEIRO – CIDADÃO DESRESPEITADO.   

 

A Comissão Julgadora estabeleceu cinco critérios básicos:

Qualidade do texto ou da imagem.

Investigação original dos fatos.

Profundidade no tratamento da informação.

Abordagem de temas socialmente relevantes.

Valores éticos profissionais refletidos no trabalho

Cada um dos critérios poderá ser aplicado em todas as categorias vigentes.

Os referidos critérios não serão ponderados através de notas, sendo que os trabalhos vencedores deverão refletir de forma equilibrada os cinco valores jornalísticos estabelecidos.

 

                                      INSCRIÇÕES

 

CATEGORIA RÁDIO:              25 inscrições

CATEGORIA ACADÊMICO         21 Iscrições

CATEGORIA TELEVISÃO                   39 inscrições

CATEGORIA IMAGEM DE TV    05  inscrições

CATEGORIA REPORTAGEM     39 inscrições

CATEGORIA FOTOGRAFIA                   26 inscrições   

CATEGORIA CRÔNICA           18 inscrições

CATEGORIA ONLINE                39 inscrições

CATEGORIA ESPECIAL                      15 inscrições


I Seminário Democracia e Direitos Humanos: 7 e 8 de junho, em Porto Alegre
Parentes dos desaparecidos continuam a reivindicar verdade e justiça
Conferência Estadual dos Direitos Humanos
Entrega de Prêmio Direitos Humanos ao Diário do Litoral
PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO - Título: CÁRCERE FLUTUANTE – Verdade ainda submersa. Compareça
Museo inaugura exposición en honor al diplomático sueco y Embajador Harald Edelstam
30ª Medalha Chico Mendes de Resistência - 2018
RECURSO Plan Cóndor: Segunda Etapa del Juicio Comienza el 12 de Abril
Os Direitos das Mulheres
Falecimento do Jornalista Marçal
Grupo de Trabalho Perus identifica restos mortais de militante político
NOTA DE PESAR - Morreu Eva Sopher
Um ano após as ameaças do Comando Barneix o silêncio ensurdecedor do governo uruguaio
Ameaça aos Direitos Humanos
Entrevista - Jair Krischke - A Operação Condor foi inventada no Brasil
OAB lotou para entrega do Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo.
-Vejam os vencedores do 34º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo que receberão suas premiações às 20 horas no auditório da OAB/RS - Rua Washington Luiz, 1.110 – 2º andar - Porto Alegre/RS. -
HOJE, 10 DE DEZEMBRO, É COMEMORADO O DIA INTERNACIONAL D OS DIREITOS HUMANOS
CERIMÔNIA DE ENTREGA DOS PRÊMIOS - Vejam os vencedores do 34º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo - Dia 11 de dezembro de 2017, às 20 horas - Auditório da OAB/RS - Rua Washington Luiz, 1.110 – 2º andar - Porto Alegre/RS
Justiça da Itália ouve presidente de ONG de direitos humanos em processo contra ex-agentes da ditadura

Página 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | ... || Próxima

A+-     A  ?
» Contatos
Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Av. Borges de Medeiros, 340 - 94
Porto Alegre - RS

 (51) 3221-9130
 Fale Conosco









Desenvolvimento PROCEMPA