ONG Parceira do PortoWeb

O projeto Claustro busca resgatar a memória de Porto Alegre

O projeto Claustro busca resgatar a memória de Porto Alegre durante a Ditadura Militar Brasileira (1964-1985). Com inúmeros presos, desaparecidos, torturados e assassinados, o período se caracterizou pela imposição de um governo opressor e silencioso frente à sociedade.

Apesar de os militares não admitirem esses anos sombrios da história brasileira, em 2011, foi criada a Comissão da Verdade, para investigar e reunir materiais a fim de confirmar e resgatar essas narrativas.

Em Porto Alegre, de acordo com relatos e documentos, foram demarcados mais de 20 locais que serviram de cenário para as ações dos militares. Esses lugares fazem parte do projeto Marcas da Memória, que assinala os endereços com uma placa na sua fachada, para lembrar os anos de chumbo.

O projeto Claustro visitou alguns desses locais para mostrar como estão atualmente e recordar um passado de dor e violência. Outros lugares onde também ocorreram as mais diversas formas de tortura estão indicados no Mapa Interativo.


“Para que não se esqueça. Para que nunca mais aconteça.


Produção realizada para a cadeira de Projeto Experimental Audiovisual, 

sob orientação dos professores André Pase, Fabio Canatta, Sílvio Barbizan


http://projetoclaustro-com-br.umbler.net/index.html.


Feira do Livro- Painel - DITADURA, REPRESSÃO E LUTA ARMADA: MAJOR CURIÓ X CARLOS MARIGHELLA.
CCDH sedia coletiva de imprensa do embaixador do Equador sobre morte de ex-presidente
COLETIVA DE IMPRENSA- Dia 24 de outubro, 15h30min, Comissão de Cidadania e Direitos Humanos – 3º andar –Palácio Farroupilha- Assembléia Legislativa do RS
Papéis indicam que Jango era monitorado por militares
Operação Condor teve início em 1970, mostram novos documentos
Dossiê Jango, de Paulo Fontenelle, desestabiliza ânimos na disputa pelo troféu Redentor Filme foi aplaudido de pé ao fim da sessão no Cine Odeon
MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA: A Câmara de Deputados do Uruguay, por proposta do Dep. Luis Puig, prestará no dia 02 de outubro, justa homenagem a memória de nosso querido companheiro Universindo Rodriguez Diaz.
Saiba tudo sobre 29° PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO- Veja abaixo.
COLETIVA DE IMPRENSA: No domingo à tarde, dia 30/09, às 15,30h, Rosa Cardoso e Jair Krischke terão um encontro com a imprensa no hotel Everest (rua Duque de Caxias, 1357)
Governo quer mapear e identificar locais de tortura
Comissão da Verdade também vai investigar Operação Condor
Brasil-DDHH:Deportación represor argentino es emblemática
Brasil-DDHH:Deportación represor argentino es emblemática
SUPREMA CORTE DE BRASIL CONCEDIÓ LA EXTRADICIÓN - CLAUDIO VALLEJOS
MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA: 29° PRÊMIO DIREITOS HUMANOS DE JORNALISMO
Jornal de Floripa Supremo determina extradição de argentino acusado de tortura
Conheça mais um pouco das ações do presidente do MJDH Jair Krshcke
Morre Universindo Díaz, símbolo da luta contra ditadura
SEMINÁRIO> ANOS DE CHUMBO: AS ESTRUTURAS INFORMAIS DA REPRESSÃO EM PORTO ALEGRE. - 30 de Agotos em Porto Alegre
Memória e Verdade: definição de campanhas e audiência pública

Anterior || ... | 5 | 6 | 7 | 8 | Página 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | ... || Próxima

A+-     A  ?
» Contatos
Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Av. Borges de Medeiros, 340 - 94
Porto Alegre - RS

 (51) 3221-9130
 Fale Conosco









Desenvolvimento PROCEMPA